16 dicas preciosas para quem quer ser um DJ

16 dicas preciosas para quem quer ser um DJ
15 DE Julho DE 2015
Todo mundo tem um amigo que é DJ. Ou pelo menos um conhecido. É que nos últimos anos o fácil acesso a cursos e equipamentos, além de vários famosos "atacando" em festas por aí abriram os portões da discotecagem.
Mas e aí, você sabe o que fazer para sair apertando botões e disparando músicas por aí? Relaxa que a Fusion te dá a letra para não fazer feio – ou pelo menos pra começar direitinho.

1. Tenha um estilo
É claro que o bom DJ sabe variar entre várias vertentes, tendo muitas cartas na manga para fazer um set que agrade ao seu gosto e à pista, mas é importante ter um estilo que você domina, senão você vira o DJ de casamento, que toca de tudo, mas não é reconhecido por públicos específicos.



2. Tenha muitas músicas
Falamos acima sobre ter cartas na manga, e isso significa que você, enquanto DJ, deve ter muitas músicas na sua biblioteca. Compre um HD externo e reserve muitos gigas só pra isso.

3. Se organize
Juntando as duas dicas dadas acima, fazemos a terceira. Tenha muitas músicas e mantenha elas bem organizadas. A boa mesmo é separar tudo por estilo e BPM – a "velocidade" da música. Assim você se encontra enquanto estiver discotecando e consegue virar as músicas mais fácil.

4. Busque conhecimento
ET Bilu já disse e a gente reforça. Leia, ouça, assista e consuma muito conteúdo relacionado ao universo dos DJs e da música eletrônica. Você ai entrar em contato com outros DJs, vai falar com eles e é bom estar por dentro.



5. Vá pra rua
Frequente baladas, vá a festivais, se jogue nas raves, busque ver seus DJs favoritos tocando, arrume um trampo em uma balada… Enfim, seja uma pessoa frequente no seu rolê. Assim você vai descolar GIGs para aprimorar seu talento.

6. Vá com calma
Outro lance importante, que não é maior que a tecnica, mas que é fundamental em um começo de carreira, é o pé no chão. Você vai fazer muitas GIGs a preço de banana, vai tocar em vários horários diferentes, abrindo, explodindo e fechando a pista, mas vai ter que aceitar tudo de bom grado. Só assim você vai ter noção exata de como funciona uma festa, para assim dominar uma.



Esse é o básico da organização, um trabalho que nunca mais vai acabar enquanto você for DJ, agora vem a técnica, o que vai te custar um bocado a mais de tempo, mas que vai fazer toda a diferença quando você for tocar depois de um prego, ou antes de um medalhão.

7. Saiba contar até quatro
Quem disse isso foi o Deadmau5 há alguns anos, e é bem verdade. Contando até quatro você entra no compasso 4/4 – o mais utilizado na EDM e na maioria das músicas.

8. Procure o "1"
Para contar o compasso da forma certa você precisa encontrar o start, ou seja, de onde a música começa de fato. Pode ser um acorde ou uma batida, isso varia de uma música pra outra. Por exemplo, em "Wait for Love", do Avicci, a música começa de fato nos três segundos, é a partir dali que se deve começar a contar.



9. Entre na música
Uma regra básica quando se mixa músicas é o respeito pelo BPM. Quer dizer, se as músicas estiverem no mesmo compasso e na mesma velocidade, muito provavelmente você vai mixar.
Para isso é necssário encontrar e soltar a música na primeira batida. Isso exige tecnica e experiência, mas com o tempo isso vai ser natural.

10. Escolha a sua plataforma
Muitos falam que o Virtual DJ não é profissional o suficiente para um DJ. E não é mesmo. Mas é um bom lugar para se começar. Depois basta migrar para outras plataformas. Você pode ir para:

11. Pick Ups
Quem toca em uma pick up recebe muito mais respeito por, simplesmente, fazer o mais difícil. Ter o feeling das bolachas e sentir o peso delas nas mãos dá uma maior sensibilidade ao DJ, mas exige mais treinamento. Com o tempo ainda se pode desenvolver tecnicas mais apuradas, como backspin e scratches.

12. CDJ
O basicão de todos os DJS. Usar um CDJ é fundamental para todos os DJS, visto que esta é uma plataforma fácil de usar e muito popular – item básico de qualquer balada. Nele você toca com CDs ou pen drives, bem como pode sincronizar com programas como...



13. Traktor e Serato
Estes dois programas foram desenvolvidos tanto para simular pick ups e CDJs, como para serem sincronizados com eles. Eles tem acessórios para serem utilizados para uma melhor performance, e acredite, independente de qual você escolha, eles serão necessários em suas discotecagens.



14. Use o mixer
Você pode usar a plataforma que for, mas uma coisa estará sempre ao lado: o mixer. Nele você vai, de fato, mixar as músicas, usar, abusar e retirar os médios, graves e agudos. Tenha intimidade com ele, faça um curso.

15. Conheça muito bem o seu equipmamento
Inclusive como montar e desmontar quando necessário.

Taí, a galero toda reunida

16. Aprenda a produzir
Bem, essa é uma dica preciosa para conhecer os sons que toca por dentro, mas essa é um dica para outro dia.
Escolheu? Entendeu o passo a passo? Então veja esse bate papo com nosso DJ parceiro Hardwell, e use como inspiração para um dia, quem sabe, ser o DJ número um do mundo.



Rodrigo Guarizo
Equipe Fusion